Fale Conosco           

       

Slide 2.jpg

Durante a noite, entre os dias 07-08 de fevereiro de 2017, se deflagrou um grande incêndio na favela Parola, em Manila. Nessa mesma área os Salvatorianos, com sua ONG local Puso sa Puso, estão realizando o programa ALSA BUHAY, uma ampla combinação de iniciativas educacionais alternativas em apoio a crianças e famílias.

Esta não foi a primeira vez que um incêndio foi visto na favela, e, como sempre, as razões desencadeadoras dessas ocorrências nunca são claras: pode ser um acidente, já que as casas são construídas com material pobre e inflamável e o uso de fogões e velas para aquecimento e iluminação é muito comum. Mas, também pode ter sido uma ação deliberada. É um milagre não haver maiores vítimas desta vez, haja vista que o ponto de partida estava perto de um armazenamento de GPL (Gás de Petróleo Liquefeito) que explodiu. No entanto, de acordo com as estimativas oficiais, mais de 8.500 moradores perderam suas casas e posses. Entre eles, vários beneficiários dos programas salvatorianos: 38 famílias dos beneficiários passados e presentes de ALSA BUHAY tiveram suas casas totalmente ou parcialmente destruídas e perderam todas as suas posses.

As comunidades salvatorianas locais responderam imediatamente ao problema e ajudaram a equipe do Puso sa Puso a coletar e distribuir itens essenciais, tais como alimentos, roupas, artigos de higiene, medicamentos e roupas de cama. No próprio dia do desastre foi mapeada a situação e as necessidades mais urgentes e as informações foram repassadas à SOFIA, que imediatamente se dirigiu à organização católica irlandesa Misean Cara para Fundos de emergência. Felizmente a agência respondeu positivamente ao pedido e rapidamente concedeu 8.380,00 euros. Somado às doações locais e às em espécie realizadas pela Comunidade Salvatoriana de Amadeo, este montante ajudou a financiar ao menos os primeiros socorros necessários. Os salvatorianos locais e a equipe do Puso sa Puso ficaram muito comovidos com o generoso apoio, superando até mesmo a ajuda proporcionada em 2015, quando um desastre similar atingiu a mesma favela de Parola.

Os beneficiários diretamente atingidos pelo apoio salvatoriano são 80 famílias, ou seja, 320 crianças-adolescentes e seus pais/responsáveis, que moram na favela de Parola, que perderam total ou parcialmente suas casas. Destes, 40 são crianças e adolescentes que participam das atividades do Puso as Puso, ou ex-alunos. As lições e a maioria das outras atividades do programa foram retomadas logo após a catástrofe, em parte em locais improvisados, bem como dentro do centro de acolhida aos desabrigados. Isto porque o container onde as classes são normalmente dadas é agora usado como local de armazenamento para as pequenas posses que as famílias conseguiram salvar do fogo. Os beneficiários indiretos são os outros moradores da favela, cerca de 60.000 pessoas, e em particular 5.000 que permaneceram perto da área afetada.

Para além das necessidades imediatas, a falta de moradia e a privação dos meios de subsistência dessas 80 famílias continuam a ser um grave problema a ser enfrentado o mais rapidamente possível. (Um número maior de famílias não pode ser alcançado, dado o número limitado de pessoal voluntário disponível). Uma vez que a maioria das pessoas quer reconstruir as suas casas onde antes se encontravam, Puso sa Puso vai avaliar a demanda e sugerir as melhores soluções. Se for necessário, SOFIA buscará outros doadores para os fundos necessários para esta segunda fase.

Felizmente, no meio das grandes sombras há sempre uma pequena, mas significativa, luz que brilha: uma semana após o incêndio, Puso sa Puso recebeu um importante reconhecimento do Ministério da Educação (o Ministério nacional) pela excelência das práticas realizadas e pela alta qualidade educativa que a ONG representa na área de Sistemas de Aprendizagem Alternativos. Uma notícia e uma apreciação reconfortante para o trabalho bem-sucedido, dedicado e comprovado que os Salvatorianos envolvidos e sua equipe prestaram nestes últimos sete anos. Serviço que continuam a realizar, apesar das intermináveis dificuldades e emergências!

Manila-2
IMG-20170213-WA0005
Wiederaufbau-Manila
Manila-1
Manila-3
Leben-zwischen-Schutt-und-Asche
Kinder-in-Brandruinen
Kinder-durchwhlen-Brandschutt
Brandschutt-blockiert-die-Strassen
Die-Menschen-haben-trotz-allem-ihre-Lebensfreude-nicht-verloren

 

Franciscus Jordan

Nem

traição, nem infidelidade, nem frio, nem desprezo, nada arrefeça o teu zelo!

Salvatorianos no Mundo

Albânia  Alemanha  Austrália  Áustria  Belarus  Bélgica  Brasil  
Camarões  Canadá  Colômbia  Comores Congo  Equador  
Escócia  Eslováquia  Espanha  Estados_Unidos  Filipinas  
Guatemala  Hungria  Índia  Inglaterra  Irlanda  Itália  México  
Moçambique  Montenegro  Polônia  República_Checa  Romênia  
Rússia  Sri_Lanka  Suíça  Suriname  Taiwan  
Tanzânia  Ucrânia  Venezuela